Luty Ramos em 29/12/11

Share
Reporter em 25/12/11
 
Foto: Camilla Barreto.

Um jacaré foi capturado ontem à noite em Mutuípe, o animal pesa em média cinco quilos e foi encontrado no quintal de uma residência na Rua Honório Ribeiro costa, segundo informações o animal foi capturado por moradores e amarrado. Apesar do susto as pessoas pareciam bastantes alegres com o surgimento do animal. A diretora de meio ambiente Damiana Martins em conjunto com a polícia militar direcionou o animal a Salvador para que fossem realizados exames e a partir daí ser solto em seu habitat natural.    ( Fonte PTN-NEWS)

Share

Em 24 de dezembro de 2011 o movimento era grande nos comércios de toda região, muita gente nas cidades para visitar os parentes compravam as lembranças do Natal, mas por volta das 12:00 horas o Vale do Jequiriçá sofreu uma falta de energia que perdurou aproximadamente duas horas. As lojas não conseguiam passar os cartões de credito nem débito, os mercados preocupados com os produtos perecíveis, os postos de combustíveis não vendiam por necessitarem da energia para as bombas, as motos-taxis não poderiam fazer as corridas por não ter como abastecê-las. É nessa hora que percebemos o quanto estamos refém do serviço de energia e o quanto a tecnologia ajuda e cria uma dependência. Já não é bom que ocorra uma falta de energia, pior é quando isso acontece em plena época que o comercio mais vende, é uma situação constrangedora, que gera prejuízos e insatisfação para todos que dependem dos serviços. Pessoas chegaram a sair de Ubaíra até Mutuípe, ao chegar à resposta era a mesma da primeira cidade, “estamos sem energia”, a mesma frase também era dita nas cidades de Jiquiriça, Laje, Santa Inês e Presidente Tancredo Neves. Quando a Coelba normalizou os serviços algumas lojas já haviam fechado as portas por acreditarem que a ceia de Natal ia ser a luz de velas devido o longo tempo de espera. O Vale vêm sofrendo também no fornecimento de água e celular, é preciso que as autoridades busquem uma solução ou alternativa, pois não é a primeira vez que isso ocorre a população tem feito muitas queixas dos serviços.

Share

Tags: , , , , , , ,

Luty Ramos em 23/12/11

Esperamos que a virada do ano não seja somente algo simbólico, desejamos que cada novo dia seja melhor que o anterior, cada meta seja superada, cada obstáculo seja quebrado e que todas as realizações boas venham acontecer!!!
Feliz Natal e que o ano de 2012 supere as expectativas…

Nós do www.mutuipe.com comecamos a fazer diferente, ao chegar em Mutuípe verá esse outdoor como forma do nosso carinho. Faça diferente e siga em frente!

Share

Tags: , , , , , ,

O ano de 2012 está chegando, é hora de muita gente trocar de carro, por isso vamos alerta-los para você saber quais carros tem melhores valores depois de um ano de uso. Geralmente os carros mais básicos  tendem a desvalorizar menos por ter uma demanda (procura) maior e preços mais baixos. Já os carros mais luxuosos, por serem de valores mais altos poucas pessoas tem dinheiro e/ou coragem para empregar um valor no bem, costuma a ter uma alta desvalorização. Os importados também são mais desvalozados pela falta de confiança da maioria e manutenção de custo alto.

O Celta é o modelo que menos perdeu valor após um ano de uso, mostra o índice AutoInforme / Molicar sobre depreciação de veículos. Segundo o estudo o modelo da GM nas versões Life e Spirit de quatro portas perdeu 9,7% do seu valor depois de 12 meses. O índice está abaixo da média, que, para um automóvel brasileiro, é de 15,3% de depreciação.

Modelos que menos desvalorizaram
Marca / tipo Versão Depreciação
Chevrolet Celta (N. Ger. Flexpower) Life 1.0 VHCE 8v 4p -9,7%
Chevrolet Celta (N Ger. Flexpower) Spirit 1.0 VHCE 8v 4p -9,7%
Fiat Palio Economy (Flex) Fire 1.0 8v 4p -10,1%
Fiat Mille Economy (Flex) Fire 1.0 8v 4p -10,1%
Fiat Palio Economy (Flex) Fire 1.0 8v 2p -10,3%
Fiat Mille Economy (Flex) Fire 1.0 8v 2p -10,4%
Chevrolet Celta (N Ger. Flexpower) Life 1.0 VHCE 8v 2p -10,8%
Chevrolet Celta (N Ger. Flexpower) Spirit 1.0 VHCE 8v 2p -10,8%
Fiat Mille Economy (Flex) Way 1.0 8v 4p -11,1%
Fiat Mille Economy (Flex) WAY 1.0 8v 2p -11,3%
Fonte: Agência AutoInforme / Molicar

Maior desvalorização

Modelos que mais desvalorizaram
Marca / tipo Versão Depreciação
 Kia Carnival EX AT-3.8 V-6 24v Gas. 4p. -25,5%
Chevrolet Omega Sedan D 3.6 SFI V-6 (Aut.) Gas. 4p. -25%
Volkswagen Passat Turbo 2.0 FSI (Compf. Tiptr.) Gas. 4 p -24%
Volkswagen Passat Variant Turbo 2.0 FSI (Compf. Tiptr.) Gas. 4 p -23,7%
Hyundai VeraCruz 4X4-CVT 3.8 V-6 Gas. 4p. -23,2%
Kia Magentis Sedan EX-AT 2.0 16v Gas. 4p. -23,1%
Hyundai Santa Fe 4X4-AT  2.7 V-6 (7Lug) Gas. 4p -22,8%
Kia Mohave EX  4X4-AT 3.8 V6 Gas. 4P -22,5%
Volkswagen Touareg 4X4 3.6 V-6 24v (Tiptr) Gas. 4p. -22,5%
Volkswagen Passat Variant 4Motion 3.2 V-6 FSI 24v (Tiptr) Gas. 4p. -22,5%
Fonte: Agência AutoInforme / Molicar
 

 

 

Só nos resta a deseja-los uma boa compra!

 

Share

A Prefeitura baiana de Mutuípe realizará concurso público, sob responsabilidade técnica da empresa Seprod. Ao todo são oferecidas 16 vagas, sendo 15 para Agente de Combate às Endemias e uma para Agente Comunitário de Saúde.

Os interessados em concorrer às vagas terão até o dia 29 de dezembro para preencher o formulário de inscrição na Prefeitura Municipal de Mutuípe, localizada na Praça Otávio Mangabeira, das 8h às 14h. A taxa será de 30,00.

Para preencher as vagas de Agente de Combate às Endemias, o candidato deverá ter o Ensino Fundamental completo. Já para Agente Comunitário de Saúde, além do Ensino Fundamental, será necessário residir na área em que irá atuar. O salário de ambos cargos será de R$ 545,00 em jornadas de 40 horas semanais.

O concurso será realizado por meio de prova objetiva, com questões sobre Português e Conhecimentos Específicos. Ela está prevista para ser aplicada no dia 29 de janeiro. Além dessa avaliação, haverá análise de títulos.

Fonte: PCI Concursos

Share

Tags: , , ,

Luty Ramos em 10/12/11

Após um ano de finalizada as obras, foi possivel encontrar um dia em que todas autoridades podessem está presentes na inaugaração da Agência da Previdencia Social de Mutuípe. Estiveram no evento os Deputados, Vereadores e Presidente de Sindicatos, a População também fez presenca grande. Outro evento importante é a Semana Cultural que acontece na Casa da Cultura, muitas pessoas tem prestigiado as apresentações.

 A Gerência-Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Santo Antônio de Jesus (BA) entregou, nesta quinta-feira (8), à população de Mutuípe, a primeira Agência da Previdência Social (APS) do Plano de Expansão da Rede de atendimento no Recôncavo Baiano.

O gerente-executivo do INSS em Santo Antônio de Jesus (BA), Gabriel Queiroz, explica que a partir de agora os mais de 21 mil habitantes de Mutuípe não precisam se deslocar até Santo Antônio de Jesus para ter acesso aos serviços da Previdência Social. “Hoje temos a realização de um sonho que sonhamos juntos.”

Ainda segundo Queiroz, outras três novas unidades de atendimento do Instituto devem ser inauguradas nos próximos meses nas cidades de Camamu, Tancredo Neves e Vera Cruz. “A Previdência Social teve uma mudança de paradigma quando enxergou que não concede benefícios, reconhece direitos. Com isso o atendimento ganhou muito mais qualidade”. Já o superintendente do INSS no Nordeste, João Maria Lopes, destacou que o INSS está chegando cada vez mais perto das comunidades, por meio do PEX.

A nova APS está instalada na Avenida do Cruzeiro, às margens da rodovia BA-420, e atende aos municípios de Mutuípe, Laje, Jiquiriçá e Ubaíra. São quase 14 mil benefícios que passam a ser administrados pela unidade de atendimento, que teve investimentos de R$ 840 mil entre construção e aparelhagem.

Fonte:
Ministério da Previdência Social

Share

Tags: , , ,

O gerente geral do INSS, Gabriel, convidou a população para inauguração da agência do INSS em Mutuípe que será realizada no dia 8 (quinta-feira) às 16h.

Gabriel informou que a presença de uma agência do INSS beneficiará a população de Mutuípe e do Vale do Jequiriçá que deixará de se deslocar para Santo Antônio de Jesus. Segundo Gabriel, o evento contará com a presença do deputado Arthur Maia  e do vereador Albino Martins.

Ele afirmou que o objetivo da agência é trazer comodidade para a população, beneficiando também a agência de Santo Antônio de Jesus que atende 400 pessoas por dia, sendo que muitas delas são do Vale do Jequiriçá. Gabriel informou que a agência contará, inicialmente, com três funcionários, mas que depois do concurso, em março de 2012, serão convocados cinco servidores.

Gabriel informou,  ainda, que em 2012 serão inauguradas as agências de Ubaira e Laje.

Fonte:vozdabahia

 

Share

Tags: , , , , ,

Neste domingo o Minuto Esportivo – Rede Criativa de Comunicação acompanhou as competições em Ubaíra e Mutuípe.

Em Ubaíra: 13:30h jogou pelas semi-finais, na melhor de duas, Alto da Lagoinha x Bahia. O Alto abriu o placar com Jose (11); Lourão (07) empatou para o Bahia. Em pênalti sofrido pelo jogador Kury (10), Jose voltou a marcar; em seguida, num contra-atacante mortal, Amendoim (19) fez o último gol fechando o placar em 02×02. Alto da Lagoinha ainda continua com a vantagem, jogando no próximo domingo por qualquer resultado igual e podendo conquistar a sua vaga na grande final. Ao Bahia, agora só resta vencer ou vencer.

 

Arbitragem: Central: Manoel Reis (Santa Inês)

 

Assistentes: 1- Diego Almeida (Santa Inês)

 

2 – Lucas Silva (Ubaíra)

 

Quarto árbitro: Éfren Palma

 

 

Às 15:30h, em mais um jogo da primeira partida das seminais, a Pindoba venceu por dois tentos a zero a equipe de Jenipapo, com gols de Alex (09) e Lídery (11). Com esse resultado, a equipe da Pindoba amplia sua vantagem, podendo perder domingo até por 02×0 e mesmo assim terá a sua vaga na final. Ao Jenipapo, agora é buscar forças e tentar reverter o quadro.

 

Arbitragem: Central: Francisco Lisboa (Ubaíra)

 

Assistentes: 1- Ananias Macário(Ubaíra)

 

2 – Sidney Santos (Ubaíra)

 

Quarto árbitro: Éfren Palma

 

Policiamento: Cmt SD Pm Marcos Gonzaga/ SD PM Rodrigo Rocha

Mutuípe: Em tarde de jogo único, às 16:00h, a seleção de Jiquiriçá estreou contra o Cruzeiro e após estar perdendo por 2×0,com gols de Gilson Brito (07) e de Robson (09),  no segundo tempo, com a chegada dos reforços Kury (10) e Jose (11) conseguiu o empate com gols de Nego Disso (05) de pênalti e gol de Robson  “Bieira”,(03), numa certeira cabeçada.

 

Arbitragem: Central: Elielson Santos (Mutuípe)

Assistentes: 1: Luis Carlos (Mutuípe)

 

2: José J. Santos (Mutuípe)

 

Quarto árbitro: Anastácio José (Mutuípe)

 

 

 

Policiamento: Sgt PM Gilmar Barreto – SD PM Edilson Miranda / SD PM Genivaldo Oliveira

 

Em Ubaíra no próximo domingo acontecem os jogos de volta das semifinais da competição, com dois jogos por rodada, enquanto que em Mutuípe, a competição está começando agora com apenas um jogo por rodada.

Foto: Eraldo Cunha

Fonte: Rede Criativa de Comunicação

Share

Tags: , , ,

Depois de enfrentar 250 quilômetros de estrada, o lavrador Manoel Nonato de Souza, 72, chegou à capital na última terça-feira, do município de Mutuípe, sudoeste do Estado, e foi levado ao setor de emergência do Hospital Geral Roberto Santos, no Cabula. O pé direito da única perna que ainda lhe restava gangrenado, exalava um odor de carne apodrecida, e foi, a princípio, o motivo de ele ter a entrada negada na sala de triagem.

Paciente idoso e diabético não resistiu a infecção

Paciente idoso e diabético não resistiu a infecção

O centro cirúrgico também estava lotado. Diabético e hipertenso, Nonato esperou por duas horas, contorcendo-se de dor em cima da maca, do lado de fora da unidade. Só após contato de A TARDE com a assessoria de comunicação do hospital, o paciente foi acolhido no setor de  vascularização, onde foi isolado pelo risco de contaminação, para aguardar a cirurgia de amputação. No dia seguinte, Manoel não resistiu à infecção, que já se alastrara até o joelho, e morreu, por volta das 14h.

O caso sintetiza as dificuldades diárias da emergência do hospital, que, superlotada, enfrenta sobrecarga da capacidade de atendimento acima de 80%. Somente na terça-feira, havia 186 pacientes, quando o limite é de 100.

Os reflexos deste quadro, comum a outros grandes hospitais públicos do país, são doentes nos corredores, equipes trabalhando no limite e a população revoltada.

Idosas - No último dia 25, uma sexta-feira, deram entrada na enfermaria Maria Ones da Silva, 72, e Maria Paz Ferreira, 78. As duas idosas ficaram à espera de atendimento médico especializado.

O estofador Izaldo Ferreira, 48, é filho de Maria Paz, moradora do Alto das Pombas que ficou no corredor do hospital entre sexta e terça-feira. “Minha mãe chegou com uma dor na barriga que não para. Agora, tiraram o soro. Estamos aguardando atendimento de um médico. A gente tem que rezar para não perder a cabeça”, reclamou. No dia seguinte, a paciente foi finalmente atendida.

Maria Ones, vinda de  Conceição de Jacuípe (a 97 km da capital), teve sorte pior: faleceu após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC), aguardando uma vaga na UTI. “Ela ficou na enfermaria sem medicação. Por volta das 18h (do domingo), passou mal. A enfermeira disse que um médico estava a caminho. Ele só apareceu às 20h30 e disse que não havia vaga porque tinham doentes mais graves”, contou a filha de Maria, Cleide Alves, 40.

Os casos mostram como a superlotação obriga os médicos a definirem prioridades no atendimento. “A angústia diária dos médicos é trabalhar em uma situação de guerra”, disse o presidente do sindicato da categoria, José Caires. Entre os problemas da emergência do hospital, Caires elencou a superlotação ante a escassez de recursos humanos, com equipes mal remuneradas. “O salário-base é de R$ 723,81 e mais gratificação, chegando a uma remuneração de R$ 3 mil. Por isso têm faltado profissionais na área clínica, mesmo para uma demanda normal”, avaliou.

Reajuste - O secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, refutou essa crítica. “Em quatro anos, concedemos 232% de reajuste ao salário dos médicos do Estado. Às enfermeiras, pagamos melhor que o setor privado”. disse o gestor.

Share

Tags: ,